ABORTO - 2. TODOS NÓS JÁ EXISTIMOS ANTES DE NASCERMOS EM CORPO FÍSICO! HÁ MILHÕES DE ANOS...



O ABORTO É PROCEDIMENTO ABOMINÁVEL. NÃO HÁ JUSTIFICATIVA PARA A PRÁTICA DO ABORTO... NEM MESMO POR MOTIVO DE ESTUPRO E, TAMPOUCO, PARA EXPERIENCIAS EMBRIONÁRIAS OU PARA SALVAR A VIDA DA MÃE.

UM EQUÍVOCO GENERALIZADO TOMA POSSE DA POPULAÇÃO TERRENA, CUJA CULTURA ADMITE A PRÁTICA DO ABORTO COMO UM PROCESSO DE IMPEDIR A GESTAÇÃO DE UM SER... ANTES DELE NASCER... COMO SE NO DECORRER DESSA GESTAÇÃO É QUE SE PROCESSA O INICIO DA VIDA! 

MAS COMO FAZER ESSE MESMO POVO REAGIR QUANDO ADMITIR EM SÃ CONSCIÊNCIA A REALIDADE DE QUE O “SER” QUE ESTÁ SENDO IMPEDIDO DA GESTAÇÃO JÁ EXISTE???!!! ANTES MESMO DA SUA CONCEPÇÃO.... E HÁ MILHÕES DE ANOS ATRÁS? 


Os SERES HUMANOS do PLANETA TERRA, quer embriões ou adultos, TÊM NO MÍNIMO MAIS DE 6 MILHÕES DE ANOS TERRESTRES. O CORPO FISICO É APENAS UM MEIO PARA QUE O SER EM CORPO ASTRAL EFETUE ESTÁGIOS PARA O EXERCÍCIO DA VIDA.

Parte II – O ABORTO PROPRIAMENTE DITO 

Continuando a exortação exposta na Parte I, vamos adentrar no assunto do processo abortivo. 

O ABORTO nada mais é do que EXPULSAR CRIMINOSAMENTE não somente um SIMPLES FETO (como a maioria das pessoas AINDA LAMENTAVELMENTE pensa) do ventre materno, mas, sim, um Ser que está penetrando neste ambiente Terrícola, CUJO ATO intempestivamente, DILACERA SUA CONSCIÊNCIA, e sob a mais angustiante cena de terror e sofrimento, se vê combalido e impotente no seu direito de defesa e, assim, sucumbe sufocado ante tão tenebrosa e cruel cena sanguinolenta, formando-se nesse ato a mais lúgubre concentração de energias deletérias no ambiente etérico astral, representado pelo martírio do sofrimento e da dor. É um momento até pior do que a execução penal que os condenados à morte sofrem. 

Tal arremedo sanguinolento e cruel além dessas funestas sensações às quais são submetidos cada Ser abortado, acarreta também à pessoa materna, e é bom que tenham absoluta consciência disto, conseqüências terríveis a curto e longo prazo, causando-lhe seríssimos problemas de saúde tanto para o corpo físico aqui e agora, quanto quando estiver no ambiente do além-túmulo, devendo levarmos em conta também, do ponto de vista social, que o governo precisa arcar com um elevado montante de verbas para cobrir as despesas com a assistência social. 

Portanto, a oportunidade que o SER ABORTADO teve de vir do AMBIENTE ASTRAL para o AMBIENTE FÍSICO, proporcionado pela cópula sexual entre dois seres já vivendo neste Plano Físico, fica completamente comprometida, devendo após esse lamentável momento, ter que esperar nova oportunidade para aqui aportar. 
Este momento do abortado, portanto, é idêntico a um imigrante que chegando em terra estrangeira para ali ter uma nova oportunidade de vida, é violentamente rechaçado e impedido de entrar naquele país, num átimo de ignorância, opressão e discriminação das leis impositivas. 

TODOS NÓS JÁ EXISTIMOS ANTES DE NASCERMOS EM CORPO FÍSICO 

Portanto, voltando ao momento da fecundação ou inicio da gravidez, acrescentamos que na primeira subdivisão dos cromossomos e à medida que se processa a multiplicação das células estas estão simplesmente envolvendo o Ser propriamente dito, que já existe e se encontra vibrando na dimensão astral, onde sua constituição orgânica é composta pelo corpo mental, corpo astral e corpo perispiritual.... 
A gravidez então é o processo pelo qual se forma o corpo físico. Assim sendo, aqui onde estamos vivendo, a nossa organização orgânica é constituída pelos Corpos: Mental, Astral, Perispiritual e Físico. 

Dessa forma, começa a ampliação do corpo e não da criação do SER, uma vez que as células vão moldando-se paulatinamente sob o comando dos genes, ao CORPO MINIATURIZADO MICRO COSMICAMENTE, passando a vibrar também pelo invólucro carnal no campo físico, para tomar as proporções de um corpo em condições de viver neste ambiente terrícola. Portanto, a matéria carnal da constituição orgânica da pessoa é somente um anteparo especifico para que o corpo astral novamente em expansão, possa instalar-se neste Mundo das Formas. 

Assim sendo, o corpo carnal começa a ser moldado neste mundo físico no exato MOMENTO da sua concepção, ou seja, no inicio do processo da multiplicação das células, logo após o encontro do espermatozóide que penetra no óvulo e, desse modo, vai envolvendo o Ser, propriamente dito, que já existia pois chegou da Dimensão Astral. Portanto, ratificamos, esse Ser já existe antes mesmo do inicio da relação sexual e da posterior concepção do corpo carnal, razão por que em qualquer uma das fases de desenvolvimento da gestação, seja nas primeiras semanas de desenvolvimento do feto, seja no pós-parto, não importa qual período da gestação, ele vive: uma vez que é um Ser inerente ao Ambiente Dimensional Cósmico. 

É, POIS, ABOMINÁVEL QUE AS PESSOAS AINDA INSISTAM NA AFIRMATIVA IGNÓBIL DE QUE NAS PRIMEIRAS SEMANAS DE GESTAÇÃO O FETO AINDA NÃO É UM SER COMPLETO e, portanto, pode-se praticar o aborto, como querem também alguns categorizados, mas, infelizes cientistas do meio acadêmico ao quererem crer nessa falsa idéia, quando insistem na pratica da utilização de células-tronco, para desenvolver produtos que visam aumentar os lucros das indústrias farmacêuticas, na pretensa argumentação de se obter remédios para a cura de doenças. 

É terminantemente contrario ao princípio Universal da Ordem Crística, a destruição de um Ser para a manutenção da vida de outro Ser. 

Então, SENHORAS e SENHORES. 
CIENTISTAS e MÉDICOS. 
LEIGOS ou ESTUDIOSOS. 
CÉTICOS ou RELIGIOSOS. 

Eis mais um ponto no qual todos precisam entender que não há outra saída senão mudar a mentalidade visando a UNIFICAÇÃO DAS COMUNIDADES RELIGIOSAS E DESTA COM AS COMUNIDADES CIENTIFICAS. Para caminharem pari-passu em busca do Conhecimento Maior. 

Já está mais do que na hora de mudar a mentalidade fria e calculista da vida puramente terra-a-terra, onde só se “enxerga” através dos 5 (cinco) sentidos, para fazer entrar o SENTIDO da Luz da Sabedoria onde reside a nossa Mais Sublime Existência, que Ascenderemos subindo a Escada Sideral pelos Degraus das Dimensões Infinitas justamente quando começarmos a “ver” e “ouvir” pelos sentidos da nossa organização orgânica que se compõe do Corpo Perispiritual, do Corpo Astral e do Corpo Mental. 

< > < > < > < > < > < > < > < > < > < > < > < > < > < > < > < > < > < > < >
Matéria Transmitida pelo Conselho da Sublime Trindade e transdecodificada por: j.Augusto de Paula. 

 


Comentários